Crónicas que não foram notícia II: A Igreka Católica de Abraão

D.R.

Uma nova igreja católica foi construída em Ur, no Iraque, local em que às mãos dos terroristas Daesh, muitos cristãos foram decapitados ou tiveram de abandonar as suas terras.

Abraão é o pai de todos os profetas, é a origem comum dos cristãos, judeus e muçulmanos, as grandes religiões monoteístas, e considerada como um símbolo de esperança para os católicos do país. 

A ideia de construir esta Igreja no lugar onde nasceu Abraão surgiu despois da visita do Papa Francisco, no desejo de mostrar ao mundo a sua identidade.

Boutros Katelma, engenheiro cristão de 79 anos, foi encarregado da obra. O complexo tem uma forma piramidal, com três partes que simbolizam a Santíssima Trindade. Para a construção usaram pedra branca, símbolo associado à pureza.  

Na Páscoa será inaugurada com a celebração da primeira Missa, na esperança de que seja um impulso para peregrinações à antiga cidade suméria mandada construir pelo rei Ur-Nammu há mais de 4.000 anos e um caminho de regresso dos cristãos ao Iraque.

Michele Bonheur – Tradutora