Conselho de Cardeais: três mulheres falaram sobre o papel feminino na Igreja

De 5 a 7 de fevereiro, todos os membros do Conselho de Cardeais participaram da sessão de fevereiro com o Papa. Durante as discussões, o foco foi o papel feminino na Igreja, com a contribuição de três mulheres, os caminhos sinodais em andamento e o tema da evangelização, com relatórios do cardeal Tagle e do arcebispo Fisichella. A próxima reunião será em abril.

Reunião do Conselho dos Cardeais (5 de fevereiro de 2024)| Foto: Vatican Media

A sessão de fevereiro do trabalho do C9, o Conselho de Cardeais instituído pelo Papa para ajudá-lo a governar a Igreja universal, foi concluída. O papel da mulher na Igreja, os caminhos sinodais em andamento nos cinco continentes e a evangelização foram os três temas principais sobre os quais se concentraram as reflexões dos cardeais de 5 a 7 de fevereiro, novamente na presença do Papa e com a contribuição de outros convidados.

Contribuições de três mulheres

Como informa um comunicado da Sala de Imprensa do Vaticano: “Nos dias 5, 6 e na tarde de 7 de fevereiro, a sessão do Conselho de Cardeais foi realizada na Casa Santa Marta. Participaram com o Papa os cardeais que o integram e o Secretário do Conselho”. Na manhã do dia 5, deram suas contribuições à reunião a irmã Linda Pocher, Filha de Maria Auxiliadora e professora de Cristologia e Mariologia na Pontifícia Faculdade de Ciências da Educação Auxilium, em Roma; Giuliva Di Berardino, consagrada da Ordo Virginum da Diocese de Verona, professora e diretora de cursos de espiritualidade e exercícios espirituais; Jo Bailey Wells, bispa da Igreja da Inglaterra e subsecretária geral da Comunhão Anglicana, deram sua contribuição ao encontro.

Próxima sessão em abril

A discussão, informa a nota da Santa Sé, “na parte da tarde continuou sobre os caminhos sinodais em andamento, particularmente o da Igreja universal”. O dia 6 foi dedicado ao tema da evangelização, acompanhado pelos relatórios dos pró-prefeitos do Dicastério para a Evangelização, dom Rino Fisichella e o cardeal Luis Antonio Tagle. A tarde do dia 7 proporcionou uma oportunidade para aprofundar os tópicos discutidos durante a sessão, na presença do Papa.

A próxima reunião do C9 será realizada em abril de 2024.