Gaula: D. Nuno Brás crismou grupo de 16 a quem garantiu que vale a pena viver como cristãos

Fotos: Duarte Gomes

No passado sábado, dia 20 de janeiro, D. Nuno Brás esteve de visita à comunidade paroquial de Gaula, onde confirmou na fé 14 jovens e dois adultos.

Pegando no Evangelho de São Marcos, cuja leitura aconselhou, o prelado disse que o mesmo nos ajuda a perceber “o que é ser cristão, ser discípulo e daquilo que Jesus dizia. 

E há uma espécie de resumo que nos é apresentado logo no início em que nos é dado a saber que Deus está perto de nós, De todos e de cada um; depois que é preciso se arrepender e depois que é preciso acreditar.

Quanto a Deus estar perto, o prelado disse ser muito importante nós percebermos isto, porque isso faz tornar as coisas mais reais e mais próximas. E que é “essencial percebermos esta proximidade”. 

Depois temos de nos arrepender. Isto é, “não basta dizermos que a nossa vida não vale grande coisa, mas é preciso ter coragem para mudar, isto é, para dizer que vamos deixar a vida que temos para viver uma melhor”. Uma vida com outras preocupações que não seja com o que temos ou queremos ter, porque tudo isto passa, “menos Jesus Cristo, esse não passa de moda e por isso mesmo podemos acreditar no Evangelho”.

Nós cristãos, vincou ainda D. Nuno Brás, “não fazemos nada diferente dos outros, mas fazemo-lo de forma diferente, porque sabemos que tudo passa, mas que Jesus Cristo não passa e essa é a grande diferença”.

“É isso que eu espero que vocês tenham descoberto”, frisou o prelado para logo acrescentar que “vale a pena viver como cristãos e vale a pena ser presença desta vida nova”. De resto, sublinhou, “a tristeza é quando os cristãos vivem como todos os outros”.

O bispo diocesano exortou depois a assembleia a pedir ao Senhor que nos envie o seu Espírito, de uma forma particular sobre os que vão ser crismados, e que esse Espírito nos ajude a fazer esta conversão, quer dizer a ver aquilo que fazemos e aquilo que somos com outros olhos, com aos olhos desta proximidade de Deus, que nos convida a viver de forma diferente”.

Coube ao Pe. Alberto Fernandes, Administrador Paroquial de Gaula, apresentar o grupo de crismandos, bem como agradecer a presença de D. Nuno Brás e a sua disponibilidade para presidir a esta Eucaristia, tão importante para aqueles jovens.