85º aniversário do Papa Francisco: D. José Tolentino saúda Papa que chega a todos, com «autoridade do coração»

Cardeal português afirma que «o amor e misericórdia» são uma «boa nova que enche o mundo de esperança»

D.R.

“As pessoas são tocadas pela sua forma de ser, de viver, de falar de Jesus e de falar da pessoa humana – e são tantas para lá da Igreja. Cristãos ou não, sentem uma autoridade que vem do coração e que vem da força ética da sua palavra e do seu exemplo”, referiu o colaborador do Papa.

Em declarações à Agência ECCLESIA, o bibliotecário e arquivista da Santa Sé começa por referir a centralidade que Francisco “dá ao amor e à misericórdia”.

“A beleza do amor de Deus, e na forma direta, e ao mesmo tempo profunda, como ele entende a mensagem de Jesus. O sublinhado que faz do amor e da misericórdia é de facto uma boa nova que enche o mundo de esperança”, explicou D. José Tolentino Mendonça.

O cardeal madeirense destaca também a capacidade do Papa de “olhar para a Igreja com esperança”, quando, muitas vezes, quem olha vê “as dificuldades, o problema, o que não está bem”.

“Ele olha para a Igreja e vê um povo que caminha na história, e sente a grande missão de confirmar o povo de Deus na história”, salienta.

O amor que o Papa Francisco tem à Igreja, que se vê na forma como se dedica a ela sem se poupar de nenhum modo, é também para todos – cristãos, católicos, batizados, pastores – um testemunho muito grande do que nós somos, deste sacramento universal de salvação que a Igreja é”.

D. José Tolentino Mendonça destaca a capacidade de Francisco “tocar a todos, de falar para lá do redil”, numa “expressão do amor de Deus e da forma com o Espírito Santo assiste profeticamente a Igreja em cada tempo”.

Jorge Mario Bergoglio nasceu em Buenos Aires, capital da Argentina, a 17 de dezembro de 1936; religioso jesuíta, padre há 52 anos, foi criado cardeal por São João Paulo II a 21 de fevereiro de 2001.

A 13 de março de 2013 foi eleito como sucessor de Bento XVI, assumindo o inédito nome de Francisco; é o primeiro Papa jesuíta na história da Igreja e também o primeiro pontífice sul-americano.

CB/OC