Queres deveras ser santo?

D.R.

Queres deveras ser santo? – Cumpre o pequeno dever de cada momento faz o que deves e está no que fazes. (Ponto 815 do Caminho)

De entre os 999 pontos do Caminho este foi o que mais rapidamente se gravou na minha memória.

Na correria do dia a dia e governada por um temperamento colérico, de querer fazer várias coisas ao mesmo tempo e ainda estar a pensar noutras tantas em simultâneo, acreditando que agradava Deus pela “Eficiência”, São Josemaria mostrou-me que o que realmente conta para Nosso Senhor é a nossa presença por inteiro em cada ação, para que a realizemos correta e honestamente, conscientes da Sua presença.

Quando realmente estamos no que fazemos, todas as tarefas nos parecem mais fáceis e agradáveis, mas também passamos a dar valor às coisas pequenas. Ter tomado esta consciência ajudou-me a fazer o que devo com mais amor por Nosso Senhor, por Jesus e por Maria.

Nem sempre é fácil estar por inteiro em cada tarefa, quando se tem muitos assuntos à nossa volta a chamar a atenção, a começar pelos filhos, as tarefas domésticas, o trabalho profissional e, claro, as redes sociais, que quando não são usadas profissionalmente, arruínam o nosso tempo e consomem muita da nossa atenção.

Hoje o que faço é estabelecer horários para cada tarefa, isso ajuda-me. Uma boa gestão do tempo permite-me estar concentrada em cada tarefa e fazê-la melhor, em menos tempo e com mais alegria também.

Um outro aspeto positivo de fazer o que se deve e estar no que se faz é a tranquilidade perante os resultados de cada ação. Se se deu tudo, o resultado vai ser sempre bom, mesmo que assim não nos pareça à partida.

Um exemplo: quantas vezes houve que fui preparar as refeições preocupada com mil assuntos e por isso não largava o telemóvel, pois podia (cria eu) perder algo realmente importante ou deixar de ajudar alguém. O resultado era quase sempre uma imensa frustração e, nesses dias, nem um bom trabalho nem um bom jantar! 

Com este e outros exemplos, fui apreendendo o que São Josemaria realmente nos dizia neste ponto, que desde sempre guardei, mas que não praticava tanto quanto devia.

Para fazer o que devo e estar no que faço, recorro muitas vezes à Sagrada Família e imagino Nossa Senhora e São José nas suas tarefas juntos com Jesus fazendo tudo com amor e por amor a Ele e, na minha pequenez, tento imitá-los.

Felizmente para um temperamento Colérico também há tarefas que se podem fazer em simultâneo!!! Por exemplo rezar o terço enquanto se caminha, ouvir um áudio livro enquanto se arruma a cozinha ou no transporte publico, etc…!!!! 

No final até é simples, se “Queres deveras ser santo? – Cumpre o pequeno dever de cada momento faz o que deves e está no que fazes.” S. Josemaria, Ponto 815 do Caminho.

Ana Sendim
Empresária na área de Network Marketing.