Novenas para preparar duas festas na Nazaré

Foto: Sílvio Mendes

Iniciam-se na quinta feira, 26 de agosto, as novenas de preparação para a festa de Nossa Senhora da Nazaré. Decorrem na respetiva igreja com o tema «Maria, Mulher eucarística», havendo a oração do terço às 19 horas e celebração da missa e novena às 19h30.

Os diversos movimentos daquela paróquia funchalense vão orientar estas atividades litúrgicas.

No sábado 4 de setembro na igreja da Nazaré às 20 horas principiará a Eucaristia da festa de Nossa Senhora da Nazaré. Haverá um concerto oração «Cantar a Maria, Projeto Acústica» com início pelas 21h30.

Nesse dia também será celebrada missa vespertina às 17h30.

A solenidade do Santíssimo Sacramento naquela paróquia será no domingo 5 de setembro com Eucaristia às 16 horas.

Haverá música com a Banda Municipal de Câmara de Lobos às 15 horas e às 18 horas.

O pároco da Nazaré, Pe. Luís Miguel Lira Batista, presidirá às cerimónias litúrgicas.

A paróquia da Nazaré foi constituída pelo decreto de D. David de Sousa, então Bispo do Funchal, publicado a 24 de novembro de 1960, entrando em atividade a 1 de janeiro de 1961, há sessenta anos. Constituída por sítios que anteriormente se integravam na paróquia de São Martinho, teve a sua primeira sede na capela da Nazaré naquela freguesia.

A atual igreja de Nossa Senhora da Nazaré, foi benzida e dedicada no ano de 2002, destacando-se  pelas suas linhas inovadoras e modernas.

A torre tem 44 metros de altura, e apresenta quatro faces, três brancas, e uma face mais estreita envidraçada. Esta última face é iluminada, durante a noite, por uma linha contínua de luzes, tornando-se avistável de qualquer ponto do Funchal.

Além da porta de aço de 8 cm de espessura o templo possui diversas peças únicas desenhadas pelo arquiteto João Paredes: a pia de água benta, a pia batismal, o Sacrário, o ambão e o altar, todas talhadas em mármore verde.

Aos domingos são celebradas missas naquela igreja às 9 horas e às 11h30 e aos sábados às 17 horas e às 19 horas.

Na área geográfica da paróquia da Nazaré existem as capelas do Pilar e da Fundação Zino onde se celebravam missas aos domingo mas que agora estão suspensas devido à pandemia.