Paróquia da Visitação vai celebrar padroeira

Foto: Silvio Mendes

De 15 a 23 de julho na igreja da Visitação, situada na freguesia de Santo António, vão ser celebradas as novenas de preparação para a festa de Nossa Senhora da Visitação.

Às 19h30 será recitado o terço e pelas 20 horas iniciam-se a novena e missa.

A missa da vigília realiza-se no sábado 24 de julho também às 20 horas antecedida do terço às 19h30.

No domingo 25 de julho às 16h30 principiará a missa campal assinalando a festa de Nossa Senhora da Visitação.

As cerimónias serão presididas pelo Pe. André João Pinheiro, pároco da Visitação.

Na Igreja Católica a festa de Visitação começou a ser celebrada no século XIII, pelos Franciscanos. O Papa Bonifácio IX (1389-1384) introduziu-a no calendário universal da Igreja. Tradicionalmente celebrada a 2 de julho, a festa foi antecipada pelo novo calendário para o dia 31 de Maio, ficando assim entre a Solenidade da Anunciação (25 de Março) e o Nascimento de João Batista (24 de Junho).

Comemora a visitação de Nossa Senhora a sua prima Isabel, após a anunciação do arcanjo Gabriel avisando-a de que iria conceber o filho de Deus por intermédio do Espírito Santo.

Maria fez cerca de 100 kms a pé pela montanha para visitar Isabel e dar-lhe as boas novas, em casa de Zacarias e Isabel, em Hebron.

Isabel, uma mulher já de idade avançada, profere humildemente as conhecidas palavras: “Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto de teu ventre!”, enchendo-se do Espírito Santo e da alegria da presença de Deus.

A visita de Maria a Isabel simboliza assim a visita prometida de Jesus ao seu povo, assim como às pessoas que nele acreditam, que são contagiadas pela sua presença tal como Santa Isabel.

Na Madeira a única paróquia que tem Nossa Senhora da Visitação como padroeira celebra a festa no último domingo de julho.

Neste ano, e devido às restrições já conhecidas, será apenas a nível religioso sem o arraial que animava aquela localidade.

A paróquia da Visitação foi constituída há 60 anos pelo decreto de D. David de Sousa, sendo constituída por sítios que anteriormente pertenciam à paróquia de Santo António.