Nossa Senhora do Carmo evocada no Rochão

Foto: Silvio Mendes

Na Madeira, Nossa Senhora do Carmo é a padroeira de duas paróquias: uma em Câmara de Lobos e outra na Camacha. Ambas foram constituídas pelo decreto de D. David de Sousa em 24 de novembro de 1960 e iniciaram a sua atividade em 1 de janeiro de 1961, fazendo agora sessenta anos.

Conhecida como paróquia do Rochão, nome do sítio onde se encontra a igreja, na freguesia da Camacha vai celebrar a sua padroeira no domingo 18 de julho com Eucaristia às 16 horas seguida de procissão.

A missa da vigília será celebrada no sábado 17 deste mês principiando pelas 20 horas.

Nossa Senhora do Carmo é um título atribuído à Virgem Maria. A festa litúrgica é  celebrada a 16 de julho, data em que no ano de 1251, ocorreu a aparição de Nossa Senhora em Cambridge, Inglaterra.

Nossa Senhora também é apelidada de Nossa Senhora do Monte do Carmelo em referência ao convento construído em sua honra no Monte Carmelo, em Israel, o  lugar sagrado do Antigo e Novo Testamento onde o Profeta Elias evidenciou a existência de Deus.

O significado de Carmelo é “vinha do Senhor”, visto que em hebraico “carmo” significa vinha e “elo” significa senhor.

Nossa Senhora do Carmo apresenta o Escapulário do Carmo, que simboliza a ação de estar ao serviço de Deus.