Antigos militares têm missa na Sé

Missa assinalará encontro dos militares madeirenses que serviram no Ultramar

Silvio Mendes

No próximo domingo, 2 de maio, a missa celebrada na Sé do Funchal com início às 11 horas assinalará o 37.º encontro dos militares madeirenses que serviram no Ultramar.

Porque nesse domingo celebra-se o Dia da Mãe, a Eucaristia será oferecida por todas as mães que deram os seus filhos para servirem na guerra do Ultramar.

Marcará também o terceiro aniversário desta iniciativa e servirá ainda de agradecimento pela aprovação pela Assembleia da República, em agosto de 2020,  do cartão de antigo combatente que traz muitos benefícios aos que prestaram serviço militar no Ultramar.

A Eucaristia será presidida pelo Cónego Marcos Gonçalves, pároco da Sé e concelebrada pelo Pe. António Simões  (Coronel  Capelão). Como é habitual aos domingos o Posto Emissor do Funchal irá transmitir esta Missa.

Será também de ação de graças pelos antigos militares que estão vivos. Nesta cerimónia será referido o número de militares que morreram em tempo de serviço no Ultramar e que eram do município do Funchal.

No fim da missa será feita uma cerimónia  de homenagem aos militares falecidos no Ultramar com a oferta de uma coroa de flores e será cantado o hino dos EMMMSU (Encontros Mensais dos Militares Madeirenses que Serviram no Ultramar) terminando comoum hino aos militares  falecidos.

Os antigos militares naturais da Madeira e seus familiares estão convidados a participar nesta  homenagem  de gratidão por aqueles que  defenderam a integridade da nossa Pátria no Ultramar (1961-1975). Incluem-se também os militares que serviram na Índia(1954-1961) .

Quem desejar participar neste evento deve comunicar  até ao dia  30 de abril  para o telefone n.º 96 804 16 78 para receber mais informações. As famílias podem participar.

[atualizado a 29.04.2021 às 10h20]