Semana da Cáritas com Eucaristia e homenagens a D. Teodoro e a voluntária com 90 anos

Cartaz

Vai decorrer, de 28 de fevereiro a 7 de março, a Semana da Cáritas, este ano com o tema ‘65 anos – Caritas, o amor que transforma’. 

Trata-se de uma iniciativa que junta toda a rede Cáritas em Portugal e que acontece todos os anos na semana que antecede o Dia Nacional Cáritas, que se assinala precisamente no 3º domingo da Quaresma.

Ainda que a pandemia tenha obrigado a cancelar umas atividades e a suspender outras, a Cáritas Diocesana do Funchal vai assinalar esta semana com uma Eucaristia. Será precisamente no dia 7, dia do encerramento da semana, pelas 12 horas, na Igreja do Colégio.

O bispo do Funchal irá presidir a esta celebração, no final da qual se prestará homenagem a um dos bispos eméritos do Funchal, neste caso D. Teodoro de Faria, que fundou a Cáritas na Madeira, e também a Maria José Castro, a voluntária mais antiga da instituição, e possivelmente da Região. 

Esta homenagem à voluntária, conforme adiantou ao Jornal da Madeira, Duarte Pacheco, presidente da instituição, “consistirá  na entrega do pin de prata da Cáritas e de um ramo de flores”, a esta senhora de 90 anos, que só interrompeu a sua atividade precisamente por causa da pandemia.

Se estivéssemos a viver um tempo normal, explica-nos Duarte Pacheco que esta seria uma semana fundamental para a Cáritas, no que concerne à angariação de fundos, já que é nesta semana que costuma decorrer o peditório de rua. Acontece que por causa da Covid-19 esse peditório, previsto para os dias 4 e 5 de fevereiro, foi cancelado.

Suspensa foi ainda, no caso do Funchal, a conferência sobre “Pobreza e Economia”, que estava agendada para a segunda-feira dia 1 de março, e que já tinha sido adiada anteriormente, já que deveria ter tido lugar por altura do Dia Mundial dos Pobres. 

Entretanto, o ofertório das Missas dos dias 6 e 7 de março continua a ser destinado à Cáritas.