Papa pede ao novo presidente dos EUA atenção para com os “direitos e dignidade de cada pessoa”

Imagem de arquivo | Foto: Vatican Media

O Papa Francisco enviou uma mensagem ao novo presidente dos Estados Unidos da América, Joseph Biden, para que possa construir uma sociedade baseada nos valores da justiça, liberdade e respeito pelos direitos e dignidade de cada pessoa, especialmente os mais pobres.

“Num momento em que as graves crises que afligem a nossa família humana requerem respostas perspicazes e unidas, rezo para que suas decisões sejam orientadas pela preocupação de construir uma sociedade marcada pela justiça e pela liberdade autênticas, junto com o respeito inabalável pelos direitos e pela dignidade de cada pessoa, especialmente dos pobres, dos vulneráveis e dos que não têm voz”, escreveu o Papa.

Na mensagem, o Papa dirige uma oração a Deus, “fonte de toda a sabedoria e verdade”, para que guie os esforços dos novo presidente para “promover a compreensão, a reconciliação e a paz nos Estados Unidos e entre as nações do mundo, a fim de promover o bem comum universal”.

Ao 46° presidente dos Estados Unidos da América o Papa apresenta “os mais cordeais votos” garantido as suas orações “para que Deus Todo-Poderoso lhe conceda sabedoria e força no exercício de seu alto cargo”.

“Sob a sua liderança, que o povo americano continue a extrair força dos altos valores políticos, éticos e religiosos que inspiraram a nação desde sua fundação”, diz Francisco.

A mensagem termina com a “abundância de bênçãos” que o Pontífice invoca sobre o novo presidente, a sua família e o “amado povo americano”.