A Casa de Saúde de S. João de Deus, Funchal, comemora os 96 anos 

Foto: ISJD - Funchal

Presidirá à celebração D. Nuno Brás, Bispo da diocese, no dia 11 às 11h. A Casa de Saúde foi inaugurada no dia 10 de agosto de 1924, dois anos depois de os Irmãos de S. João de Deus terem preparado a Quinta do Trapiche para receber doentes. O Irmão Manuel Maria Gonçalves, primeiro Superior e Diretor, orientou os trabalhos. A Casa foi visitada em 1 de julho de 1922 pelo Irmão Beato João de Jesus Adradas Gonzalo, Provincial de Espanha, Portugal e México, entre 1919 e 1925. Este Irmão sacerdote, viveu numa época muito conturbada da história da humanidade: Primeira Guerra Mundial (20 milhões de mortos), pandemia pneumónica de 1918-1919 (50 milhões de mortes), Guerra Civil Espanhola,1936-1990 (500 mil mortos), primeiro grande ensaio de implantação do comunismo internacional anti-cristão, em que o Beato foi mártir (fuzilado). Como coroa do seu zelo e hospitalidade, no dia 28 de novembro de 1936, com as mãos atadas, mas tranquilo e em paz, “pois o martírio não o assustava”, foi levado para Paracuellos de Jarama, onde ofereceu a sua vida e derramou o seu sangue pela sua fé para honra da Igreja e da Ordem Hospitaleira. Tinha 58 anos. Tinha posto sempre a sua confiança em Deus e na oração, agora selava a sua vida com a coroa do martírio por Cristo, fazendo parte dos 2.385 religiosos, 283 religiosas e de milhares de cristãos martirizados.

Faz 96 anos, a 10 de agosto, que Juan Jesús Adradas Gonzalo inaugurou a CSSJD. Este  mártir nasceu  a 7 de agosto 1878 (faz hoje 142 anos), em Conquenzuela (Soria, Saragoça), de família pobre. Sendo bastante dotado teve ajudas para seguir a sua vocação sacerdotal. Depois da ordenação, em 1903, fez o doutoramento em Saragoça e foi capelão da Casa de Saúde de Psiquiatria dos Irmãos de S. João de Deus durante o qual pediu para entrar na Ordem Hospitaleira em junho de 1904. Dadas as suas qualidades excecionais, em 1907 foi nomeado diretor e fundador da Escola Apostólica dos jovens candidatos, em Ciempozuelos. Após várias outras funções, foi eleito para Provincial de 1919 a 1925. Era mestre de noviços, em 1936, quando a perseguição anti-cristã o surpreendeu na Casa de Saúde de S. José de Ciempozuelos, Madrid. A 7 de Agosto desse ano, toda comunidade dessa Casa de Saúde foi detida e levada para a cadeia, sem que ele desse por isso, talvez por ser o dia dos seu aniversário. Foi apresentar-se aos milicianos dizendo: “onde estiverem os meus Irmãos, estarei com eles”. Nos quatro meses de prisão, como zeloso sacerdote, tornou-se o mestre, o diretor, o consolador e animador dos outros Irmãos e de muitos presos. Iludia a vigilância dos guardas e fazia palestras, retiros, confissões, como sacerdote. 

A celebração do 96º aniversário da Casa, em ambiente contido de pandemia, será, também, em ação de graças pela vida deste mártir que na segunda visita, de 6 a 12, a inaugurou, a 10 de agosto de 1924, já com cerca de 40 doentes transferidos do Manicómio Câmara Pestana. E fará ainda a memória de cerca de uma centena de outros Irmãos seus companheiros de hospitalidade e martírio.

Se há 96 anos, na celebração da inauguração, pregou o senhor bispo D. António Manuel  Pereira Ribeiro e celebrou a Eucaristia o Beato João de Jesus, nesta presidirá D. Nuno e concelebram os dois bispos eméritos, D. Teodoro e D. António, com alguns sacerdotes às 11h00, 3ª Feira, dia 11 de agosto 2020. 

Outras notícias. No dia 13 de agosto, às 18h00, será apresentado pela Dra. Graça Alves o livro «Mensagens de Quarentena» do Pe. Aires Gameiro, em sessão presidida por D. Nuno Brás, autor do prefácio, em sala do Secretariado Diocesano de Catequese, rua Fernão de Ornelas, junto à Livraria Paulinas. Haverá declamações de poemas do livro pela Dra. Paulina Garanito e árias de Flauta pela Carolina.

– Festa da Assunção de Nossa Senhora. Nos dias 14, às 17h30, e 15 às 10h00 será celebrada a solenidade da Assunção de Nossa Senhora em que o Pe. Aires Gameiro associará a ação de graças ao Senhor pelos 60 anos de ordenação sacerdotal e missa nova.

Funchal, nos 142 anos de nascimento do Beato João de Jesus Adradas, 7 de agosto de 2020