Conferências Vicentinas apoiam carenciados

Foto: Silvio Mendes

Os elementos das trinta e nove Conferências de São Vicente de Paulo da Madeira e Porto Santo têm agora trabalho redobrado. Devido à crise que se vive atualmente, têm sido muitas as pessoas que se dirigem às Conferências Vicentinas a pedir ajuda.

Produtos alimentares são os mais solicitados. A lutar também com falta de verbas para acudir a tantos pedidos as Conferências Vicentinas têm a ajuda de paroquianos, de algumas empresas e do Banco Alimentar Contra a Fome que mensalmente distribui a diversas Conferências da Região, cabazes com alimentos. Deste modo minimizam as dificuldades de muitos milhares de pessoas.

Fundadas por António Ozanam a 23 de abril de 1833 em Paris, as Conferências de São Vicente de Paulo são um movimento católico de leigos que se dedica, sob o influxo da justiça e da caridade à realização de iniciativas destinadas a aliviar o sofrimento do próximo, em particular dos social e economicamente mais desfavorecidos, mediante o trabalho coordenado dos seus membros.