“Os teus olhos são o que resta”: Uma proposta para o Natal no MASF em homenagem a D. Tolentino Mendonça

Adoração dos Magos, Flandres, Antuérpia, Atribuído ao Mestre da Adoração de Machico, Cerca de 1501-1510, Pintura a óleo sobre madeira de carvalho | Museu Arte Sacra Funchal

Para assinalar a época Natalícia o Museu de Arte Sacra do Funchal (MASF) disponibiliza, a partir do dia 8 de dezembro e até ao final de janeiro, uma proposta diferente de (re)visita às suas coleções, especialmente dirigida ao público Regional. A iniciativa que recebe por título “Os teus olhos são o que resta”, acontece em jeito de homenagem ao poeta e cardeal madeirense, José Tolentino Mendonça. 

A proposta passa pela revisita a algumas obras da coleção do Museu de Arte Sacra do Funchal, tendo como guia de leitura uma seleção de textos e poemas do autor. Ao longo do percurso do Museu, os visitantes irão encontrar alguns poemas colocados em relação com uma seleção de obras da sua coleção. Estes textos poderão ser “colecionados” por aqueles que desejarem.

José Tolentino de Mendonça (Machico, Madeira, 15 de dezembro de 1965) cardeal desde 2019, poeta e teólogo de origem madeirense é atualmente Arquivista do Arquivo Apostólico do Vaticano e Bibliotecário da Biblioteca Apostólica Vaticana, na Cúria Romana. Como teve ocasião de afirmar, aquando da sua participação nas Conferências do Museu em 2018 “tenho em relação a este Museu uma dívida muito grande, porque foi verdadeiramente o primeiro museu da minha vida (…) há um traço biográfico que me liga de forma muito afetiva a este espaço, que é um Museu extraordinário”. Não podia, por isso, fazer mais sentido este pequeno gesto do MASF que se espera que possa ser partilhado por muitos, por todos os que assim o desejarem.

Ainda durante o interregno do Natal, o MASF reitera o convite para visitar ou revisitar a Exposição comemorativa dos 450 anos do Colégio dos Jesuítas dos Funchal que estará patente até ao final de janeiro de 2020 na sala de exposições temporárias daquele Museu. 

O Museu estará encerrado nos dias 25 e 26 de dezembro, bem como 1 de janeiro 2020. Estará aberto ao público, no período da manhã, nos dias 24 e 31 dezembro. Nos restantes dias o museu funcionará dentro do horário habitual entre as 10 e as 17 horas.