D. Nuno Brás visitou voluntários da recolha de alimentos da Cáritas

D.R.

A Cáritas Diocesana do Funchal realizou nos dias 16 e 17 de novembro uma campanha de recolha de alimentos em todas as superfícies Pingo Doce da Ilha da Madeira e do Porto Santo.

Desta vez, todos os voluntários tiveram ao peito um autocolante para sensibilizar a população para a importância deste ato solidário. Com a mensagem ‘Nem todos podem ajudar, mas todos podem sorrir’ a ideia foi mostrar que, mesmo não podendo contribuir, podem sempre dar uma palavra simpática aos muitos voluntários que estiveram nas várias superfícies a ajudar.

No primeiro dia da campanha, isto é, no dia 16 de novembro, o bispo da Diocese do Funchal fez questão de visitar o Pingo Doce do Anadia. Fê-lo para se inteirar da forma como estava a decorrer a campanha tendo aproveitado ainda para agradecer aos voluntários, que esta iniciativa habitualmente reúne, bem como a todos os madeirenses que dão o seu contributo, ajudando a ajudar.