Bispo do Funchal nomeia novos cónegos

D. Nuno Brás nomeou esta manhã, durante a Eucaristia da dedicação da Sé do Funchal, quatro novos cónegos: O Pe. Manuel Ramos, o Pe.  Rui Pontes, o Pe. Toni Vitor de Sousa e o Pe. Marcos Gonçalves.

“Quando no dia 12 de junho de 1514 com a bula “Pro excelente praeminentia, o Papa Leão X criou a nossa Diocese do Funchal, foi igualmente criado o cabido da catedral, trata-se de um conjunto de sacerdotes que tem como finalidade promover e ordenar as celebrações da catedral, cuidar do seu património e aconselhar o bispo diocesano enquanto colégio dos consultores de acordo com o código do direito canónico”, afirmou o Bispo do Funchal.

“Neste momento – disse D. Nuno Brás – o cabido da nossa catedral é composto por 6 cónegos capitulares e 4 cónegos jubilados. Torna-se, portanto, necessário dotar este colégio essencial na vida da Diocese de novos membros a fim de que ele possa desempenhar bem as suas funções”.