D. António presidiu à Missa que assinalou os 50 anos do Pe. José Vieira à frente da Paróquia do Caniçal

D. António Carrilho presidiu este sábado, na igreja paroquial do Caniçal, a uma celebração de homenagem ao Pe. José Vieira Pereira pelos 50 anos de serviço prestado àquela comunidade.

Além de ser uma das paróquias mais antigas da Madeira, o Caniçal é também das poucas da diocese que mantém o mesmo pároco há tantos anos, um facto que a comunidade quis assinalar com esta Eucaristia e com outros gestos simples, mas de grande significado.

De resto, na sua homilia, D. António Carrilho fez precisamente referência ao facto de que “há vidas cruzadas com este pastor, que deu a sua vida e o seu ministério àqueles que hoje se congregaram para agradecer a Deus o dom do sacerdócio do Pe. Pereira”.

O prelado referiu ainda na sua homilia, e antes de passar a palavra ao pároco, que ele próprio também aceitou ir para a vinha do Senhor. Este é, lembrou, “um convite constante, ainda mais para o sacerdote que é chamado a dar-se ao senhor estando totalmente disponível para os outros”.

Quanto ao Pe. José Vieira agradeceu ao povo do Caniçal que o recebeu há cinquenta anos e que continua a acolhê-lo. Referiu a alegria de ver uma paróquia a crescer, enaltecendo a construção da nova igreja, espaço congregador da comunidade.

Depois da celebração na igreja, o povo reuniu-se em festa. O coro que animou a celebração eucarística, e demais grupos da paróquia, prepararam um jantar partilhado, durante o qual foram declamadas quadras dedicadas ao Pe. José Vieira.