Gentes do Campanário prontas para colher açucenas para a festa da Senhora do Bom Despacho

O Cortejo das Açucenas está associado à Festa de Nossa Senhora do Bom Despacho, que tem lugar este fim de semana.

D.R.

Neste fim de semana a comunidade paroquial do Campanário celebra a festa em honra de Nossa Senhora do Bom Despacho. Antes disso, manda a tradição que esta sexta-feira, ainda de madrugada, o povo comece a se juntar para ir às serras da vizinha freguesia da Quinta Grande, apanhar milhares de açucenas.

As flores são colocadas em cestos, outros recipientes ou em molhos, e transportadas depois num animado cortejo, em que sobressai o tom branco rosado e o peculiar cheiro das açucenas, percorrendo cerca de dez quilómetros da estrada regional, até chegarem à pequena capela datada de 1672.

D.R.

É de resto com estas flores, colhidas por centenas de pessoas, que se decora o interior e o exterior da capela, nomeadamente os pórticos criados para o efeito, bem como os mastros colocados na zona.

A devoção à senhora do Bom Despacho remonta ao século XVII. A manutenção deste cortejo, que atrai pessoas de todas as idades, incluindo as crianças das escolas locais, é talvez uma das razões pela qual esta tradição se tem mantido ao longo dos anos.

O cortejo das açucenas é sempre algo de muito espontâneo e inclui muita animação, não faltando as cantorias e uma paragem no caminho lanchar e para “molhar” a garganta com bebidas típicas da ilha.

No que toca às celebrações religiosas, no sábado a missa da vigília será celebrada às 20 horas e no domingo, a missa da festa decorrerá a partir das 15 horas, seguindo-se a procissão.