Faleceu o Bispo do Porto, D. António Francisco dos Santos

© www.diocese-porto.pt

D. António Francisco dos Santos, bispo do Porto, faleceu nesta segunda-feira às 9h30 na Casa Episcopal, aos 69 anos, na sequência de um ataque cardíaco. Na página de Internet da Diocese do Porto informa-se que “serão partilhadas informações sobre as Exéquias solenes”.

Nas suas Armas de Fé tinha escrito: “In Manus Tuas”, que constituiu o lema da sua vida.

No sábado passado, D. António Francisco dos Santos presidiu à Peregrinação diocesana do Porto ao Santuário de Fátima. Na Eucaristia onde participaram milhares de peregrinos do Porto, apelou: “Igreja do Porto: Vive esta hora, que te chama, guiada pelas mãos de Maria, a ir ao encontro de Cristo e a partir de Cristo a anunciar com renovado vigor e acrescido encanto a beleza da fé e a alegria do Evangelho” e acrescentou:”Esta é uma das horas mais significativas de alegria e de comunhão sonhada por Deus para a nossa diocese. Iniciamos agora, em dia da dedicação da nossa Igreja Catedral, o novo ano pastoral, no horizonte do Sínodo Diocesano, que aqui confio, desde já, à protecção da Mãe de Deus e Mãe da Igreja, Senhora do Rosário de Fátima”.

Nas palavras de Homilia destaca-se a preocupação social de D. António Francisco dos Santos: “Não podemos viver distantes dos dramas humanos nem ficar insensíveis aos seus clamores e indiferentes aos seus desafios. É preciso viver a imensa experiência de ser povo, a experiência de pertencer a um povo. Temos de entrar em contacto com a vida concreta dos outros e manifestar a força da ternura e da bondade de Deus”.

Nascido a 29 de agosto de 1948, natural da freguesia de Tendais, concelho de Cinfães, Viseu, foi ordenado presbítero a 8 de Dezembro de 1972 e bispo a 19 de março de 2005 na Sé de Lamego.

Antes de ter sido nomeado para bispo do Porto a 21 de Fevereiro de 2014, D. António Francisco dos Santos exerceu o ministério episcopal durante sete anos na Diocese de Aveiro.

Licenciou-se em Filosofia em 1977 na École Pratique de Hautes Études Sociales, em Paris e realizou o mestrado em Filosofia Contemporânea, em 1979, no Instituto Católico de Paris. Tirou ainda o curso de Sociologia Religiosa na Escola Prática de Altos Estudos em Ciências Sociais e pelo Centro Nacional de Investigação Científica de Paris.

D. António Francisco dos Santos era presidente da Comissão Episcopal da Pastoral Social e Mobilidade Humana e vogal da Comissão Episcopal da Educação Cristã e Doutrina da Fé na Conferência Episcopal Portuguesa.