Bispo presidiu ao Crisma de 39 jovens e adultos

"Vivam como bons cristãos participando na vida da Igreja e da sociedade"

Trinta e nove jovens e adultos receberam, este sábado, na Paróquia da Graça, o sacramento do Crisma, numa cerimónia presidida pelo Bispo do Funchal, D. António Carrilho.

Ao Jornal da Madeira, o prelado lembrou que o Crisma é um ato público de fé, um reafirmar do compromisso baptismal com Deus e com a Igreja. “A mensagem principal que deixei a estes jovens foi uma mensagem que tem a ver não apenas com o presente, mas com o futuro da vida de cada um e aquilo para que aponta a Graça do Sacramento, que é luz e força de Deus em nós”, disse D. António Carrilho, que exortou ainda os crismados para que procurem “viver como bons cristãos” e “participem ativamente na vida da Igreja e da sociedade”.

 

Para o Bispo do Funchal, “aquilo que se aprendeu na catequese, bem como nos encontros de formação, e a experiência de Fé que se viveu em conjunto na Paróquia, não pode ficar pela festa, mas tem de passar para a vida”.

O Batismo, disse, “abre-nos o coração e prepara-nos precisamente para viver em família, a família de Deus” e é por isso que “a caridade está como serviço fraterno diretamente implicada na nossa vivência de cristãos”. Assim sendo, “aquilo que eu desejo para estes crismados é que este momento seja uma bênção especial de Deus para eles e que com saúde, com alegria e com paz vão saboreando pela vida fora a graça de serem cristãos”.

Neste domingo, 13 de agosto, D. António Carrilho irá presidir a celebrações do Crisma nas Paróquias do Porto Moniz e da Santa.