Encontro de verão dos seminaristas maiores com o Bispo do Funchal

7 a 11 de agosto | Quinta de S. Jorge

Os nove seminaristas diocesanos a partir do 12º ano até ao 5º ano de teologia estiveram reunidos com D. António Carrilho e o reitor do seminário, Cón. Carlos Duarte, na Quinta de S. Jorge entre os dias 7 e 11 de agosto.

O Bispo do Funchal valoriza estes encontros nas férias dos seminaristas realizados desde 1979 com D. Francisco Santana. “Desde essa data os bispos mantiveram o costume de se encontrarem com os seminaristas no verão. Aprecio esta iniciativa e dou continuidade”.

Para D. António, “é importante para o bispo conhecer os seminaristas de maneira mais próxima e pessoal”, admitindo que “quase sempre os encontros durante o ano são oficiais”. Por outro lado, também reconhece a importância da comunhão entre eles e o contacto mais próximo dos seminaristas com o bispo diocesano. Nestes encontros de verão, “vivendo em conjunto alguns dias de oração e convívio, há elementos que se cultivam como expressão de valores e serviço fraterno”.

Para o reitor do seminário, “este encontro é uma paragem no meio das férias para os seminaristas se encontrarem de forma diferente, mais descontraída, ajudando o crescimento da própria vocação”.

O Cón. Carlos também salienta a comunhão entre os seminaristas que estão distribuídos nos três seminários: Seminário Maior de Nossa Senhora de Fátima no Funchal e os Seminários de S. José de Caparide e dos Olivais em Lisboa.

Entre as diferentes atividades realizadas durante a semana de encontro, destacam-se as visitas às paróquias da Fajã do Penedo e do Porto da Cruz.