Ponta do Sol celebra festa de Nossa Senhora do Livramento

Foto: Sílvio Mendes

A festa de Nossa Senhora do Livramento irá ser celebrada no domingo 10 de outubro, na capela com aquela invocação, situada na freguesia da Ponta do Sol e principiará às 16 horas. Após a Eucaristia, presidida pelo Pe Johnny Aguiar, pároco da Ponta do Sol, decorrerá a procissão.

A missa da vigília será celebrada no sábado, dia 9 de outubro às 20h30.

Esta é uma festa com muita tradição na Ponta do Sol e decorre numa capela que foi fundada no ano de 1656 por Diogo Ferreira de Mesquita e sua esposa D. Isabel de Meneses.

A festa que ali decorre no domingo a seguir ao dia 9 de outubro é sempre motivo de muita animação.

Nossa Senhora do Livramento é a padroeira das paróquias do Curral das Freiras, Achadas da Cruz e Livramento (na freguesia do Monte).

O título de Nossa Senhora do Livramento surgiu para recordar o livramento do fidalgo português Rodrigo Homem de Azevedo, preso pelo Duque de Alba, no século XVI.

Quando a Espanha dominou Portugal, na unificação conhecida como “União Ibérica”, todos os portugueses que se negassem render homenagens aos invasores, e especialmente a Felipe II foram presos imediatamente.

Rodrigo Homem de Azevedo, um dos mais ardentes defensores da pátria lusitana. A sua esposa tinha grande devoção a Nossa Senhora e vendo o risco que corria a vida de seu marido, recorreu à Virgem Maria para a livrar daquela situação.

Durante nove noites sonhou com Nossa Senhora que lhe dizia:  “Não te agastes! Eu, que tudo posso, o livrarei. Se puderes, em algum tempo, edificar-me-ás uma casa”.

No final da novena, entre todos os detidos, somente Rodrigo Homem recebeu a ordem de voltar para a sua casa.

Em agradecimento, o nobre, mandou fazer uma imagem de Nossa Senhora vestida de branco, com o Menino Jesus no colo conforme a visão que a sua esposa tivera em sonhos.

Devido às palavras da virgem: – “Eu o livrarei”, foi a ela conferido o título de Nossa Senhora do Livramento.