Os santos também pensaram que não era para eles!”

D.R.

Muitos dos santos que conhecemos hoje nem sequer pensaram que iriam tornar-se santos um dia. 

Deus chama-nos de diferentes formas para caminharmos no caminho que nos conduz à santidade e todas elas são um grande desafio. 

Fazer a vontade de Deus nem sempre é fácil. Muitas vezes, tem tendência a puxar-nos até ao limite, o que nos pode levar a pensar que aquele caminho não é para nós. Quantas vezes é que os múltiplos santos que conhecemos terão pensado “Enganaste-Te. Eu não fui feito para isto.”? E quantas é que Deus lhes terá dito ou feito pensar “Não. Foste escolhido por uma razão. Levanta-te e caminha.”? E é disto que nos devemos lembrar. Seja qual for a razão que nos faça pensar que este passeio com altos e baixos a percorrer não é para nós (seja porque fizemos algo de grave, ou porque é muito difícil, ou por qualquer outro motivo), fomos escolhidos por uma razão. E podemos nem sequer saber qual é! Podemos vir a saber um dia, um mês, um ano ou uma década mais tarde. Não interessa! O que interessa é erguermo-nos e continuarmos a andar. 

Não é fácil de percorrer o caminho da santidade, mas, no fim de tudo, compensará o esforço e é uma pena que sejam poucas as pessoas a ver até onde é que esta estrada vai dar. Mas, afinal, que piada teria se não fosse um desafio.

Sofia Camões – estudante