Mãe peregrina

Foto: Albergue Quinta Estrada Romana

Dois peregrinos franceses, iguais a muitos outros, partiram a pé do Santuário de Fátima rumo a Santiago de Compostela. Mas há uma particularidade. Um deles, Patrick Bonnand, leva uma imagem de Nossa Senhora de Fátima às costas. 

Patrick e Jean, na casa dos 60 anos de idade, decidiram fazer o Caminho Português de Santiago. Ao passarem por Valença, no sábado passado, chamaram a atenção da população já habituada a encontrar peregrinos: “Ver peregrinos tornou-se normal, sim…mas com a imagem da Virgem às costas não é todos os dias. Tem cerca de um metro de altura”. 

Quando os peregrinos entraram num albergue local, o proprietário pediu autorização para partilhar uma foto nas redes sociais. 

“Foi algo inédito. Nunca tínhamos visto nada assim”, disse Diogo Azevedo proprietário do Albergue Quinta Estrada Romana. 

“Chegaram aqui e fizeram apenas um repouso. Depois seguiram caminho. Sei que há um carro de apoio que os acompanha com mais três pessoas”, referiu à Rádio Vale do Minho. 

Após diversos meses de ausência por causa da pandemia, os peregrinos pouco a pouco estão a regressar aos albergues portugueses e galegos. 

Antes do início da pandemia, a Eurocidade Valençã-Tui registou mais de 88 mil peregrinos que passaram por aquelas duas cidades no ano de 2019, um número que desde 2014 esteve sempre a aumentar. Recorde-se que, durante a Semana Santa do ano passado, foram registados somente 6 peregrinos no lado galego, devido ao encerramento das fronteiras.