Paróquias vão celebrar Espírito Santo

Foto: Silvio Mendes

No próximo domingo, 23 de maio, celebra-se a Solenidade do Pentecostes, ou Espírito Santo.

Na Madeira, neste ano, devido às restrições, não haverá as habituais atividades que nesse domingo animariam muitas paróquias.

Será assinalado apenas a nível litúrgico nas igrejas paroquiais não havendo procissões no mar em Câmara de Lobos, Santa Cruz, Paul do Mar e Calheta, assim como não será celebrada a missa campal na Encumeada (Serra de Água).

Nalgumas igrejas será feita a cerimónia da bênção do pão e os elementos que fazem as visitas pascais assim como as meninas «saloias» e insígnias participarão na missa, sendo de salientar que em diversas comunidades paroquiais realizaram-se neste ano as visitas do Espírito Santo com as precauções devido à pandemia.

É o padroeiro das paróquias da Calheta, Espírito Santo (no Porto Santo) e um dos dois padroeiros do Caniço (o outro é Santo Antão)

Na Diocese do Funchal o Espírito Santo é assinalado de forma mais animada nas paróquias da Calheta, Caniço, Ribeira Brava, Conceição, Câmara de Lobos, Garachico, Encarnação, Curral das Freiras, Machico, Santa Cruz, Serra de Água, Canhas, Carvalhal, Cristo Rei, Quinta Grande, Paul do Mar, Porto Moniz, Arco da Calheta, Loreto, Porto Santo e Porto da Cruz.

Na Camacha a festa do Espírito Santo é celebrada na segunda-feira a seguir ao Domingo de Pentecostes. Devido às restrições neste ano não haverá a eleição do «Imperador» ou «Imperatriz» do Espírito Santo, uma tradição que marca aquela festa na Camacha.