Diocese do Funchal lamenta falecimento da catequista Ivone Andrade

A Diocese do Funchal lamentou o falecimento de Maria Ivone Andrade, catequista, professora de Educação Moral e Religiosa, formadora e membro do Departamento da Catequese da Infância.

Através de uma publicação no seu Facebook, a Diocese “agradece todo o seu testemunho ao serviço da Igreja, o anúncio do Evangelho e a transmissão da fé aos jovens” acrescentando ainda que “rezamos por ela e por toda a sua família. Os nossos sentimentos. Descanse em paz. Cristo Ressuscitado seja a nossa esperança e conforto”.

SDEC e paróquias também lamentam partida da catequista Ivone

O Secretariado Diocesano da Educação Cristã (SDEC), em nota enviada ao Jornal da Madeira, também lamentou o falecimento de Ivone Andrade.

“Partiu para o Pai Maria Ivone Andrade. Foi catequista, formadora e membro do nosso Departamento da Catequese da Infância, professora de Educação Moral e Religiosa Católica, entre outros ministérios na nossa diocese, suas paróquias e demais organismos”, lê-se na nota assinada pelo Pe. Héctor Figueira.

“Em nome dos seus irmãos de missão, endereçamos à sua família e aos seus amigos os nossos sentidos pêsames e preces a Deus, nesta Oitava da Páscoa, em que ressuscitou o Seu Filho, unido ao Seu Divino Espírito: Dai-lhe, Senhor, o eterno descanso, nos esplendores da luz perpétua.”

O referido secretariado encerra a nota com o seguinte agradecimento: “Obrigado pela Fé que nos foi concedida… até Deus (= adeus)”.

Entretanto, foram já várias as paróquias que nas suas páginas de Facebook lamentaram a partida de Ivone Andrade, que dedicou a sua vida a Cristo e às Obras Laicais.

O Jornal da Madeira associa-se a este momento, endereçando aos seus familiares e amigos sentidas condolências.