Secretariado da Liturgia publicou devocionário dedicado a São José

Capa

O Secretariado Nacional da Liturgia (SNL), da Conferência Episcopal Portuguesa, publicou um novo devocionário dedicado a São José intitulado ‘Guardião do Redentor’, assinalando o ano especial que a Igreja lhe dedica até dezembro.

“Não tenhamos medo de ir a São José e ser como ele, recebendo Deus no coração e na inteligência e de O comunicar na alegria da fé, da esperança e da caridade. Acima de tudo, não tenhamos medo da bondade, ou mesmo da ternura”, escreve o presidente da Comissão Episcopal da Liturgia e Espiritualidade, na apresentação da obra.

D. José Cordeiro sublinha que o devocionário lembra a “harmonização entre liturgia e piedade popular”.

São José – Guardião do Redentor’ pode ser consultado no sítio online do Secretariado Nacional da Liturgia, da Igreja Católica em Portugal.

O bispo da Diocese de Bragança-Miranda assinala que a liturgia “comemora frequentemente a figura e a missão de São José”, ao celebrar os mistérios da vida de Jesus, sobretudo os do nascimento e da infância.

Neste contexto, D. José Cordeiro indica os tempos do Advento e de Natal, em particular na festa da Sagrada Família; a solenidade de São José, no dia 19 de março; a memória de 1 de maio, de São José Operário; e a referência nas “Orações Eucarísticas I a IV do Missal Romano e na Ladainha dos Santos”.

No último dia 8 de dezembro, o Papa convocou um ano dedicado a São José, para assinalar o 150.º aniversário da sua declaração como padroeiro da Igreja universal, feita pelo Beato Pio IX a 8 de dezembro de 1870.

Francisco publicou a Carta Apostólica ‘Patris Corde’ (com coração de pai), destacando que “depois de Maria, a Mãe de Deus, nenhum Santo ocupa tanto espaço no magistério pontifício como José, seu esposo”.

O programa ECCLESIA na Antena 1 da rádio pública começou, esta segunda-feira, uma proposta de Quaresma inspirada no ano especial de São José, apresentando esta figura nas suas várias dimensões.

CB/OC