Bispos da Europa promovem rede de oração pelas vítimas da pandemia

D.R.

O Conselho das Conferências Episcopais da Europa (CCEE) vai promover, em cada dia do tempo da Quaresma uma cadeia eucarística pelas vítimas da pandemia.

Esta rede de oração, realizada por cada Conferência Episcopal Europeia, pretende “recordar na Santa Missa de maneira particular neste tempo da Quaresma, as vítimas, as numerosas vítimas da pandemia”, declara o cardeal Bagnasco na mensagem de lançamento desta iniciativa. Nesta oração, continua o cardeal Bagnasco –  os bispos também querem recordar “as famílias enlutadas e todos aqueles que ainda sofrem com o vírus e cujas vidas permanecem na incerteza”.

“Nós, Bispos da Europa, estamos todos unidos ao lado das nossas comunidades cristãs e dos nossos padres. Agradecemos a todos aqueles que continuam a se dedicar aos mais necessitados. Apoiamo-los com as nossas palavras e, sobretudo, com as nossas orações, para que o seu empenho e a esperança que todos devemos ter, manter e aumentar nos ajudem a olhar juntos para um futuro melhor ”, refere o site da CCEE.

Os bispos recordam que em muitas ocasiões, “uniram a sua voz à do Papa Francisco para reiterar a proximidade da Igreja a todos aqueles que lutam contra o coronavírus: as vítimas e suas famílias, os doentes e os trabalhadores da saúde, os voluntários e todos aqueles na linha de frente neste momento sensível”.

A iniciativa, que envolve as Conferências Episcopais da Europa “visa oferecer um sinal de comunhão e esperança para todo o Continente”.

A conferência Episcopal Portuguesa participará nesta rede de oração no dia 16 de março.