Papa: A economia “jamais faça do homem e da mulher uma mercadoria”

Foto: Site do Dia de Oração contra o Tráfico de Pessoas (https://preghieracontrotratta.org)

O Papa recordou, após a oração do Angelus, que amanhã, celebra-se o Dia Mundial de Oração pela Reflexão contra o Tráfico de Pessoas.

“Este ano o objetivo é trabalhar para uma economia que não favoreça, nem mesmo indiretamente, esse tráfico ignóbil, ou seja, uma economia que jamais faça do homem e da mulher uma mercadoria, um objeto, mas sempre o fim”, esclareceu Francisco. 

O dia é assinalado na memória litúrgica de Santa Josefina Bakhita, “religiosa sudanesa que conheceu as humilhações e sofrimentos da escravidão”.