Nota da Conferência Episcopal Portuguesa depois da audiência com o Santo Padre

Foto de arquivo | D.R.

O Papa Francisco recebeu em audiência, esta manhã [8 de janeiro], a presidência da Conferência Episcopal Portuguesa.

Foi um excelente encontro fraterno em que tivemos a oportunidade de manifestar a comunhão e sintonia dos Bispos portugueses para com o Santo Padre e a Igreja Universal. Exprimimos também o apreço do povo português pelo Papa Francisco e pelos temas que tem proposto à reflexão da Igreja e da sociedade.

Entre outros assuntos, dialogámos sobre a pandemia que a todos nos atinge e os desafios que são colocados à Igreja nesta situação, tendo o Papa exprimido a esperança de que esta seja brevemente ultrapassada, com a convergência dos esforços de toda a humanidade.

Manifestámos ao Santo Padre a atitude da Igreja em Portugal, quer no diálogo e respeito pelas orientações das autoridades governamentais e sanitárias, quer na procura de respostas sociais em relação àqueles que são mais atingidos pela pandemia, os mais pobres e descartados. Referimos ainda os documentos de reflexão que a Conferência Episcopal produziu sobre a reconstrução da sociedade e os desafios pastorais em tempo de pandemia.

O Papa Francisco acentuou que se deve prestar particular atenção às crianças, aos idosos e aos migrantes, os mais atingidos por esta crise. Salientou que se deve cuidar com toda a atenção da relação entre jovens e idosos, por estar em questão a ligação intrínseca entre a herança que os idosos transmitem e as raízes para as quais os mais jovens devem olhar.

Sobre a próxima Jornada Mundial da Juventude em Portugal, referimos que a sua preparação está em andamento, tendo em conta evidentes atrasos, dada a situação atual. O Santo Padre manifestou o seu entusiasmo por este acontecimento mundial de encontro com os jovens, mantendo a esperança de poder estar em Portugal em 2023.

O Papa Francisco abordou ainda as suas visitas apostólicas previstas para 2021, nomeadamente ao Iraque, pedindo que rezássemos por ele e pelo bom desenrolar destes eventos.

O encontro terminou com o profundo reconhecimento do Santo Padre pelo relevante trabalho da Igreja em Portugal e com a Bênção Apostólica para a Igreja e todo o povo português.

Roma, 8 de janeiro de 2021
A presidência da Conferência Episcopal Portuguesa