“Procuram-se rebeldes”

D.R.

Há dias, veio ter comigo a notícia de que tinha surgido um novo canal no youtube, em espanhol. Até aqui, nada de novo: todos os dias aprecem canais nesta rede social. 

Só que, este canal, tem um nome que convida a procurar: “se buscan rebeldes”. E, na apresentação, fazia-se apelo à doutrina católica, à figura de Jesus, ao modo cristão de viver.

De facto, ser cristão no mundo contemporâneo tem algo de rebelde. Não se trata de uma atitude adolescente de quem diz que não apenas para ser diferente. Trata-se de aceitar, de facto, viver com Jesus e deixar que Jesus transforme as nossas vidas.

Ao longo dos anos vamos ficando diferentes. Em cada dia que passa, ficamos com a marca dos acontecimentos que vivemos. Vamos mudando. Deixamos que o mundo e os outros nos transformem. Que os acontecimentos nos marquem.

Mas deixamos muito pouco que Jesus e o seu Evangelho nos convertam. Deixamos muito pouco que eles gravem na nossa existência esse modo diferente de viver que apenas Jesus nos propõe e que só Ele é capaz de oferecer.

“Procuram-se rebeldes”. Não conheço os conteúdos do novo canal do youtube nem os seus autores. Mas de uma coisa estou certo: hoje, ser cristão traz consigo a necessidade de não nos deixarmos conformar com o modo de vida que nos apresentam e nos querem mesmo impor. Traz consigo uma rebeldia.