Francisco reza pelo futuro da Síria e do Líbano

O Papa recordou que na próxima terça-feira, 30 de junho, será realizada a quarta Conferência da União Europeia e das Nações Unidas para “apoiar o futuro da Síria e da região”.

Deslocados sírios da região rural do oeste de Aleppo | Foto: Reuters/Khalil Ashawi

Após a oração mariana do Angelus, o Papa Francisco recordou um evento importante.

“Na próxima terça-feira, 30 de junho, será realizada a quarta Conferência da União Europeia e das Nações Unidas para “apoiar o futuro da Síria e da região”. Rezemos por este encontro importante, para que possa melhorar a situação dramática do povo sírio e dos povos vizinhos, especialmente do Líbano, no contexto de graves crises sócio-políticas e económicas que a pandemia tornou ainda mais difícil. Pensem que existem crianças com fome, que não têm comida! Por favor, que os líderes sejam capazes de fazer a paz”.

O Pontífice recordou também o Iêmen que está passando por uma crise dramática, e também a Ucrânia.

“Convido também a rezar pela população do Iêmen. Aqui também especialmente pelas crianças que sofrem por causa da grave crise humanitária. Assim como para os que foram afetados pelas fortes inundações no oeste da Ucrânia: que eles sintam o conforto do Senhor e o socorro de seus irmãos”.

A seguir, o Papa saudou as pessoas presentes na Praça São Pedro, romanos e peregrinos provenientes da Itália e outros países, ressaltando ver bandeiras polacas, alemãs e outras ali presentes, e acrescentou:

“Saúdo particularmente todos os que participaram esta manhã aqui em Roma da missa de rito congolês, rezando pela República Democrática do Congo. Saúdo a delegação congolesa aqui presente. São bons estes congoleses”.

Por fim, desejou a todos um bom domingo e marcou um encontro com os fiéis nesta segunda-feira, 29 de junho, Solenidade dos Santos Apóstolos Pedro e Paulo.

Mariangela Jaguraba – Vatican News