Paróquia de Santo António da Serra vai assinalar padroeiro

Foto: Silvio Mendes

De 1 a 13 de junho na igreja de Santo António da Serra são celebradas as trezenas preparatórias da festa daquele santo.

De segunda-feira a sábado a missa principia às 20 horas e no domingo às 10h30.

No sábado 13 de junho às 20 horas será celebrada missa solene e no domingo, dia 14 haverá missa as 10h30 com bênção dos cravos, uma tradição daquela festa no Santo da Serra

Na Madeira, Santo António é o padroeiro das paróquias de Santo António (Funchal), Santo António da Serra e Raposeira na freguesia da Fajã da Ovelha. É também celebrado nas capelas que lhes são dedicadas nas freguesias de Santana, Estreito de Câmara de Lobos e Ponta do Sol.

Em 2020 está a decorrer a comemoração dos oitocentos anos do martírio dos Protomártires Franciscanos, bem como da vocação franciscana de Santo António.

É um Jubileu que  quer propor à Igreja a celebração da fidelidade da fé, reacender nos corações dos fiéis o ímpeto missionário e dinamizar uma cultura evangelizadora.

No dia 16 de janeiro deste ano, comemoraram-se os oito séculos do martírio dos primeiros frades que São Francisco de Assis enviou em missão para Marrocos – os italianos Vital, Berardo, Pedro, Acúrsio, Adjuto e Otão – que em 1220 foram degolados.

A morte dos frades franciscanos e a chegada das suas relíquias, à igreja de Santa Cruz de Coimbra, impressionou o neo-sacerdote Fernando Martins de Bulhões que decidiu, nesse mesmo ano, fazer-se frade menor, assumindo o nome de António. Os restos mortais dos Santos Mártires de Marrocos foram enviados para Portugal pelo infante D. Pedro.