Papa abençoa ambulância para socorrer os mais pobres de Roma

A ambulância se acrescenta a outras iniciativas de assistência médica da Esmolaria Apostólica, ativas já há alguns anos.

Foto: Vatican Media
Na manhã de Domingo de Pentecostes, antes da Celebração Eucarística, o Papa Francisco abençoou uma ambulância para os pobres de Roma.

Trata-se de um novo dom do Santo Padre, confiado à Esmolaria Apostólica, em favor dos mais pobres, em especial para quem não tem moradia fixa e vive as dificuldades da rua e que busca refúgios nas proximidades do Vaticano ou em alojamentos improvisados em Roma.

A ambulância, que tem a placa SCV (Stato della Città del Vaticano – Estado da Cidade do Vaticano), faz parte da frota utilizada no interior do Estado do Vaticano e foi colocada à disposição pelo Governatorato exclusivamente para assistir e socorrer os mais pobres, “que são os mais invisíveis junto às instituições”, segundo o comunicado de imprensa.

A ambulância se acrescenta a outras iniciativas de assistência médica da Esmolaria Apostólica, ativas já há alguns anos, como Poliambulatório móvel, utilizado principalmente para oferecer tratamentos aos mais pobres e marginalizados nas periferias de Roma; ou o Ambulatório Mãe da Misericórdia que, sob a Colunata de São Pedro, oferece a primeira triagem aos sem-teto ou às pessoas sem assistência de saúde e que continuou a prestar serviço também durante o longo período de lockdown para a emergência da Covid-19.