Covid-19: O padre que queria dar o seu lugar aos mais jovens

D.R.

“É uma lista dramática que, neste tempo de grande sofrimento por causa da pandemia, cresce dia após dia. Entre os que morreram por causa da Covid-19 estão muitos sacerdotes”, refere o ‘Vatican News’.

Sobre o padre Giuseppe Berardelli, refere-se que manifestou a todos a sua intenção de “dar lugar a um jovem”, caso viesse a ser internado nos Cuidados Intensivos.

Na imprensa e nas redes sociais circulou a informação de que o sacerdote teria, efetivamente, cedido um ventilador a um doente mais jovem; a notícia não foi ainda confirmada por nenhum responsável do hospital ou da Diocese de Bérgamo, embora seja compatível com a intenção anteriormente manifestada pelo sacerdote e a prática das autoridades sanitárias da Itália, nesta crise.

O Vaticano esclarece ainda que, embora a comunidade de Casnigo, onde o padre Berardelli era pároco, tenha manifestado a intenção de adquirir um ventilador para oferecer ao hospital e ajudar o sacerdote, tal ainda não foi possível, devido ao “rápido agravamento” do seu estado de saúde.

“Morreu em quatro dias, num hospital, entre tantos doentes isolados e sós”, refere a reportagem.

O padre Vittorio Rossi, pároco de São Alexandre Mártir em Palandina, recorda o arcipreste de Casnigo como “uma testemunha alegre do Evangelho”.

“Deu a sua vida ao Senhor e ao povo, com todo o coração”, refere.

OC