Novenas preparam festa de São Roque

D.R.

De 8 a 16 de agosto na igreja de São Roque vão ser celebradas as novenas e missas preparatórias da festa do padroeiro daquela paróquia funchalense.

Iniciam-se às 20 horas e no dia 13 de agosto a missa será presidida por D. Nuno Brás, Bispo do Funchal.

As homilias das missas daquele novenário têm vários temas: dia 8: O respeito pelo outro; dia 9: A justiça pelas próprias mãos; dia 10: As crianças em ambiente de violência; domingo 11: O desafio da tolerância todos os dias; dia 12: Os Direitos humanos; dia 13: A ecologia do Papa Francisco; dia 14: A liberdade de expressão; dia 15: A necessidade da cultura; dia 16: A cidadania.

As novenas dos dias 8, 9 e 11 serão por intenção dos moradores nos sítios da Achada, Quinta, Água de Mel.

No domingo 11 de agosto será pelos emigrantes e nos dias 12 a 14 serão celebradas as novenas da Cruz, Mocidade, Paz e Aliados, respetivamente.

No domingo 18 de agosto às 12h30 principiará a Eucaristia que assinala aquela festa, sendo seguida de procissão.

Mantendo a tradição na segunda feira a seguir à festa de São Roque, dia 21, às 8h30 será celebrada a missa dos mordomas e mordomas, no início do passeio que se realizará na Madeira.

Haverá arraial com animação todos os dias estando em funcionamento uma casa de chá com diversas especialidades gastronómicas com destaque para as sandes de carne de vinho e alhos.

Roque nasceu no ano de 1295, na cidade de Montpellier, França, numa família rica, da nobreza da região. Outros dados sobre a sua vida e descendência não são precisos. Morreu a 16 de agosto de 1327, na prisão do seu país de origem.

O seu culto foi reconhecido em 1584 pelo Papa Gregório XIII, que manteve a sua festa no dia da sua morte. As relíquias de são Roque são veneradas na belíssima basílica dedicada a ele em Veneza, Itália.
Na Madeira duas paróquias têm São Roque como seu padroeiro e em Machico há um capela que lhe é dedicada.