Estreito da Calheta vai assinalar festividades

D.R.

A paróquia do Estreito da Calheta vai estar em destaque neste mês de agosto pois realiza as festas de Nossa Senhora da Graça, a sua padroeira, e do Santíssimo Sacramento.

No dia 15 de agosto às 16 horas principiará a Eucaristia em louvor de Nossa Senhora da Graça e no domingo, 18 de agosto, também às 16 horas começará a missa da festa do Santíssimo Sacramento.

As procissões decorrerão após as missas.

Haverá arraial de 14 a 18 de agosto atuando diversos cantores, bandas filarmónicas, grupo de folclore e conjuntos madeirenses.

A igreja do Estreito da Calheta teve origem na Capela de Nossa Senhora da Graça mandada construir por João de França, no século dezasseis. Foi nesse templo que foi se instalou a nova paróquia, sendo também a sede do morgado que fundou em 1503. João de França morreu por volta de 1511, tendo sido sepultado na capela.

A capela que viria a ser convertida em igreja paroquial foi sucessivamente acrescentada ou melhor reconstruída.

A igreja atual foi edificada no ano de 1791 e benzida em 1793.

Esta Igreja teve, novamente, obras entre 1968 e 1971, tendo sido alterado o seu frontispício e a torre.

A festa de Nossa Senhora da Graça é motivo para convívio, encontro da comunidade local, visitantes e muitos emigrantes que nesta época do ano visitam a sua terra de origem.