Espírito Santo é motivo de festa no Campanário

D.R.

No penúltimo domingo de julho o Campanário realiza uma das suas grandes festas. É em honra do Espírito Santo e regista sempre grande afluência de pessoas

Aquela festa realiza-se naquela data, para permitir que os emigrantes daquela freguesia e que são em elevado número possam participar nas atividades programadas para aqueles dias.

A Eucaristia que assinala a festa do Espírito Santo principiará na igreja do Campanário às 15 horas do domingo dia 21 de Julho, realizando-se, no final, a bênção da copa, no adro, onde se encontram diversos produtos, a maioria géneros alimentares.

Depois decorrerá a visita das insígnias do Espírito Santo às barracas.

No sábado, dia 20 de Julho, às 16 horas, iniciam-se as romagens vindas dos sítios daquela paróquia com produtos diversificados que serão colocados num bazar no adro.

Nestas romagens destacam-se os cânticos ensaiados para a ocasião e cantados no percurso, assim como as charolas, os quadros com dinheiro e uma barquinha ornamentada com produtos da terra.

Também no sábado, às 20 horas, terá início a missa da vigília após o que se realizará a denominada «Romagem dos Pobres», que sairá do sítio da Igreja, e na qual se integram donativos daquela comunidade para os carenciados da freguesia.

A marcar esta romagem estão o pão, que é transportado pelos homens vestindo camisa branca, sendo os cestos transportados normalmente pelas crianças ou jovens e os melhores produtos transportados em bandejas pelas senhoras.

O pão e os bolos colocados num ampla mesa, no adro, são ornamentados com as bandeirinhas do Espírito Santo e benzidos.

Haverá o tradicional arraial madeirense nesta festa na qual participam muitos emigrantes que nesta época do ano estão de visita à sua terra natal.