D. Nuno Brás presidiu a Eucaristia da Festa da Família pavilhão do Marítimo

A Fundação Marítimo Centenário viveu esta quinta-feira, dia 16 de maio, uma manhã diferente com a realização da Festa da Família, que foi celebrada com grande entusiasmo por todo o universo verde-rubro.

Os festejos iniciaram-se com a receção do presidente Carlos Pereira ao novo bispo do Funchal, que teve oportunidade de visitar as muitas salas do Colégio do Marítimo, e de interagir com alunos, professores e colaboradores. O chefe da Igreja madeirense, que foi guiado pelo próprio presidente do clube, visitou ainda o ginásio, a administração e a capela do Marítimo.

Pelas 11 horas, D. Nuno Brás presidiu à Eucaristia, no Pavilhão concelebrada pelo capelão do clube, Pe. Héctor Figueira, e pelo Pe. Carlos Almada, animada liturgicamente pelo coro do Colégio do Marítimo, e em que participaram entidades oficiais, alunos, professores e auxiliares do Colégio, encarregados de educação e restante sociedade civil.

Na homilia, o prelado disse tal como os discípulos, de quem se falava na primeira leitura, também nós não devemos calar, nem guardar apenas para nós,  “aquilo que nos faz felizes”. E o que os fazia felizes era “perceber que Deus não os tinha abandonado”, mas que estava com eles, tal qual está connosco. E está mesmo nos momentos difíceis, nos momentos de sofrimento. Nessas alturas, aquilo que Ele nos pede é que tenhamos “o coração aberto para perceber as formas diferentes como Ele está presente”.

Após a celebração litúrgica, D. Nuno Brás recebeu, das mãos do presidente do Club Sport Marítimo, uma camisola autografada por todo o plantel principal do clube. A Festa da Família prosseguiu com um almoço convívio, onde se viveram de facto momentos de uma grande e verdadeira família.