Papa exprime novamente proximidade ao povo do Sri Lanka

Os ataques terroristas a três igrejas e três hotéis provocaram 290 mortos e 500 feridos.

Igreja de São Sebastião atingida pelo atentado deste domingo, 21 de abril, Negombo, norte de Colombo, Sri Lanka, | Foto: Chamila Karunarathne/AP

O Papa Francisco voltou a rezar nesta segunda-feira, 22 de abril, pelas “numerosíssimas vitimas e feridos” dos atentados terroristas no Sri Lanka. 

“Quero expressar novamente a minha proximidade espiritual e paterna ao povo do Sri Lanka. Estou muito próximo do meu querido irmão, o cardeal Malcolm Ranjith Patabendige Don, e de toda a Igreja arquidiocesana de Colombo. Rezo pelas numerosíssimas vítimas e feridos, e peço a todos para que não hesitem em oferecer a esta querida nação toda a ajuda necessária. Espero também que todos condenem estes atos terroristas, atos desumanos, nunca justificáveis”, disse Francisco na oração da “Regina Coeli” no Vaticano.

De acordo com as informações divulgadas hoje pelas autoridades, 290 pessoas morreram e 500 ficaram feridas nas oito explosões dos atentados de domingo no Sri Lanka a três igrejas e três hotéis de luxo de Colombo. 

Igreja de São Sebastião, Negombo, Sri Lanka, | Foto: Reuters

As primeiras explosões ocorreram “quase em simultâneo”, pelas 08h45 (03h15, hora em Portugal).

O primeiro ataque aconteceu na igreja de Santo António (Kochchikade, Colombo) onde mais de 50 pessoas morreram durante as celebrações do Domingo de Páscoa.

A segunda igreja a ser atingida foi a de São Sebastião (Negombo), localidade de maioria católica. Os meios de comunicação divulgaram a morte de 93 pessoas. 

A terceira igreja que sofreu o atentado foi a Zion Church (Batticaloa). As notícias locais informaram que nesta igreja morreram pelo menos 27 pessoas.

Entre as vítimas mortais encontram-se 39 pessoas de nacionalidade estrangeira, nas quais se inclui um português.

O ministro do Turismo do Sri Lanka, referiu que entre os mortos dos atentados encontram-se 39 pessoas de nacionalidade estrangeira, nos quais se inclui um português. Outros 28 turistas ficaram feridos.