Moçambique: Jesuítas recolhem donativos para reconstrução de escolas e casas

Os Jesuítas em Portugal estão a recolher donativos através da Fundação Gonçalo da Silveira (FGS) para a reconstrução dos territórios afectados pelas cheias.

Os donativos destinam-se a “apoiar projetos a implementar no local”, num programa de intervenção pós-emergência com a duração de 5 anos, ajudando as populações e a reconstrução de infraestruturas, nomeadamente escolas e casas.

Esta resposta é feita em cooperação com três organizações: a VIDA, a FEC – Fundação Fé e Cooperação e a FGS – Fundação Gonçalo da Silveira.

“Numa fase posterior à intervenção de emergência e socorro, as três organizações portuguesas irão contribuir para a reconstrução das mais de 600 salas de aula que ficaram destruídas e garantir o regresso à escola de 14.000 crianças. Neste momento, estima-se que 48% dos afetados são crianças que ficaram sem acesso a estruturas escolares, seja porque as suas escolas foram destruídas, ou porque estão a servir como centros de abrigo e acolhimento”, lê-se no comunicado.

A reconstrução das escolas e outras infraestruturas poderá ser apoiada através da conta de emergência “Ajuda a Moçambique”, criada pela Fundação Gonçalo da Silveira:

Conta: FGS Emergência Moçambique 2019

Nº de conta: 000 10 591814 8

IBAN: PT50 0036 0000 9910 5918 1487 7

BIC/SWIFT: MPIOPTPL

 

Contactos:

Estrada da Torre, 26, 1750-296 – Lisboa Portugal

Telefone: +351 217541627

Email: geral@fgs.org.pt