As condolências do Papa pela morte do cardeal belga Danneels

Faleceu nesta quinta-feira com a idade de 85 anos o cardeal arcebispo emérito de Mechelen-Brussel, Godfried Danneels. A dor do Papa Francisco e dos bispos da Bélgica

Foto: Ansa
Com a idade de 85 anos, o cardeal Godfried Danneels, arcebispo emérito de Mechelen-Brussel, faleceu nesta quinta-feira em sua casa em Mechelen. O funeral será realizado na catedral metropolitana de Saint-Rombaut, em Mechelen, na sexta-feira, 22 de março. A notícia foi dada pelo arcebispo de Mechelen-Brussel e presidente da Conferência Episcopal Belga, cardeal Jozef De Kesel, que presidirá a celebração junto com o núncio apostólico, os bispos da Bélgica, os sacerdotes e diáconos da Arquidiocese.

O telegrama de condolências do Papa Francisco

Depois de receber a notícia, o Papa Francisco expressou com um telegrama a sua dor por essa perda. “Tendo recebido com emoção a notícia da morte do cardeal Godfried Danneels, arcebispo emérito de Mechelen-Bruxelas – escreve o Papa -, apresento as minhas sinceras condolências ao senhor, à família do cardeal, aos Bispos da Bélgica, ao clero, às pessoas consagradas e a todos os fiéis atingidos por essa perda. Este pastor zeloso serviu a Igreja com dedicação não apenas em sua diocese, mas também em nível nacional como presidente da Conferência Episcopal da Bélgica, mesmo sendo membro de vários Dicastérios romanos. Atento aos desafios da Igreja contemporânea, o cardeal Danneels também participou ativamente em vários Sínodos dos Bispos, incluindo os de 2014 e 2015 sobre a família. Ele acaba de ser chamado a Deus neste tempo de purificação e de caminho em direção à ressurreição do Senhor. Peço a Cristo, vencedor do mal e da morte, que o acolha na sua paz e na sua alegria. Em sinal de consolo, dirijo uma especial Bênção Apostólica ao senhor, aos familiares do cardeal defunto, aos pastores, aos fiéis e a todos os que participarão dos funerais”.

Em uma declaração dos bispos belgas a sua biografia

Em uma declaração os bispos da Bélgica repercorrem a sua vida: Godfried Danneels nasceu em 4 de junho de 1933 em Kanegem (Flandres Ocidental). Ele completou sua formação sacerdotal no seminário de Bruges, e depois continuou seus estudos em filosofia na Universidade Católica de Louvain. Depois de se formar, ele foi para a Universidade Gregoriana em Roma, para estudar teologia (1954-1959).

Ordenado sacerdote em 1957 na igreja paroquial de Kanegem, o cardeal tornou-se, dois anos depois, diretor espiritual e professor de teologia e liturgia sacramental no seminário maior de Bruges. Em 1961 ele conseguiu seu doutorado em teologia na Universidade Gregoriana de Roma. A partir de 1969, além de ministrar cursos no Seminário Maior de Bruges, lecionou na Faculdade de Teologia de Louvain.

O Papa Paulo VI nomeou-o bispo de Antuérpia em 16 de novembro de 1977

Foi o Papa João Paulo II que nomeou Godfried Danneels arcebispo de Mechelen-Brussel em 21 de dezembro de 1979. Em 2 de fevereiro de 1983, ele foi criado cardeal recebendo como título cardinalício a Basílica de Santa Anastácia. De acordo com o direito canônico, o Cardeal Danneels apresentou sua renúncia ao Papa Bento XVI em 4 de junho de 2008, aos 75 anos, renúncia aceita somente em 27 de fevereiro de 2010.