Pesar do Papa pelas vítimas de atentado no Quênia

D.R.

O Papa Francisco enviou uma mensagem de pesar às vítimas do ataque terrorista ocorrido na terça-feira, dia 15 de janeiro, num complexo hoteleiro em Nairóbi que provocou 21 mortos.

No telegrama assinado pelo cardeal Pietro Parolin, secretário de Estado do Vaticano, lê-se que o Santo Padre ficou “profundamente entristecido” pela perda de vidas e pelos feridos e  “assegura a todos os atingidos por este ato sem sentido de violência a sua proximidade espiritual”.

O Papa apresenta também as suas condolências “a todos os quenianos, em particular às famílias dos falecidos e a todos os feridos”.

Rezando a Deus pela graça da cura, “Sua Santidade invoca sobre toda a nação as divinas bênçãos de consolação e força”.