Jovens evangelizados e evangelizadores

D.R.

Por P. Armando Soares

Na família

1.O Papa Francisco enviou uma vídeo-mensagem aos participantes da assembleia de jovens das Antilhas, onde foram abordados os desafios das famílias naquela região do globo.

Na sua declaração, pelo portal Vatican News, Francisco pediu aos jovens para que “não fiquem acomodados” diante da realidade difícil que marca as famílias deste tempo.

“Vós sois jovens ou jovens envelhecidos? Se fordes jovens envelhecidos não ides conseguir fazer nada. Tendes de ser jovens ‘jovens’, com toda a força que a juventude tem para transformar!”, salientou.

A referida assembleia de jovens, Organizada pela Conferência Episcopal das Antilhas, a assembleia dos jovens terminou a 23 de julho na Arquidiocese de Saint Pierre & Fort-de-France, capital da Ilha de Martinica, uma região administrativa da França.

Foi tema da assembleia: ‘Os jovens transformam a família caribenha’, com base na exortação apostólica ‘Alegria do Amor’, que o Papa argentino dedicou à família.

“Para transformar a Família na região no presente e enfrentar o futuro tendes de conhecer a sua realidade atual”. “O núcleo do matrimónio é: como viver o amor em casal e com os filhos”, frisou o Papa, que pediu aos mais novos para escutarem da voz dos mais velhos, a experiência dos “antepassados”.

Não somos frutos de um laboratório, mas temos raízes. Olhai para os vossos avós, para os vossos pais e falai com eles, pegai nessa experiência e levai-a para diante”. Dialogai pois há multiplicidade de opiniões e caminhos. “Vós tendes as raízes, tendes a força para transformar a Família.

Na praia – “Summer3Fest”

2. De 13 a 15 de Julho realizou-se na Costa da Caparica, diocese de Setúbal, o festival ‘Summer3Fest’ dando aos jovens “a possibilidade de ser missionário” na diocese, afirmou o padre Carlos Silva, diretor do Secretariado Diocesano da Pastoral das Missões. O ‘Summer3Fest – A felicidade está aqui’, foi o guião deste ano. Os jovens vieram  para, a partir da formação que receberam “fazer missão – anunciar Cristo e o Evangelhol – junto da praia, de uma maneira lúdica, informal”. 

O padre Luiz Paulo, do Instituto Aliança da Misericórdia, acrescentou que “o objetivo é sempre anunciar que o sol da nossa vida, o verdadeiro sol, é Cristo que ilumina a nossa história”.

Foi um encontro muito agradável para todos os que passaram pela praia da Costa da Caparica e “partilharam sua vida e sua fé”, ampliando seus conhecimentos, jogando, cantando, rezando. Muito agradável também para os jovens descrentes com  o sentido das coisas boas da vida”

Jogos de praia, tenda de adoração, Eucaristia, Sacramento da Reconciliação e também “partilha da vida a partir dos testemunhos” de missionários, formações curtas, música, preencheram o tempo do encontro.

À Missa de encerramento presidiu o bispo de Setúbal, D. José Ornelas, com homilia: “onde Cristo está, a felicidade está aqui”. 

O ‘Summer3Fest’ surge no seguimento das atividades que o secretariado promove de animação missionária e “há um bom número de jovens com vontade de fazer missão”, seja em Portugal seja ad gentes, observou o Pe. Carlos. Este movimento “é uma ponte para a vida cristã que temos na nossa diocese e também para a pastoral dos jovens, a pastoral da juventude”, destacou.

No Panamá – JMJ

3. Papa Francisco vai presidir às Jornadas Mundiais da Juventude 2019, no Panamá, de 23 a 27 de janeiro, aceitando o convite do governo e dos bispos panamenses.

Convidou os jovens do mundo a “viver com fé e entusiasmo” este acontecimento de “graça e fraternidade”, e que vai decorrer pela primeira vez na América Central. O tema da 34.ª JMJ é – ‘Eis aqui a escrava do Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra” (Lc 1,38).

O Panamá é o país com maior percentagem de católicos na América Central. Os cerca de 2,6 milhões de batizados representam 80% da população; a Igreja Católica está organizada, territorialmente, em oito dioceses.

As JMJ nasceram por iniciativa de João Paulo II, após o sucesso do encontro promovido em 1985, em Roma, no Ano Internacional da Juventude. É um acontecimento religioso e cultural que reúne jovens de todo o mundo durante uma semana.

As JMJ realizam-se, a cada dois ou três anos numa grande cidade: 1987, Buenos Aires; 1989, Santiago de Compostela; 1991, Czestochowa; 1993 em Denver; 1995, Manila; 1997, Paris; 2000, Roma; em 2002, Toronto; 2005, Colónia; 2008, Sidney; 2011, Madrid; Rio de Janeiro, 2013; e Cracóvia, em 2016.

Ás duas últimas presidiu o Papa Francisco.