Livro do Pe. Simões homenageia Capelães Militares

97
D.R.

Teve lugar esta segunda feira, dia 23 de outubro, por sinal dia litúrgico de S. João de Capistrano, Patrono dos Capelães das Forças Armadas, o lançamento do Livro “O Capelão Militar” da autoria do Coronel Capelão António Simões.

Esta apresentação decorreu na Casa do Combatente, antigo Paiol, e contou com a presença do Vigário Geral da Diocese, Cónego Fiel de Sousa, em representação do bispo do Funchal, e naturalmente também com a presença de representantes de várias forças militares.

O livro foi apresentado pelo jornalista Manuel Gama que, de resto, assina também o prefácio da obra, onde se pode ler que com este trabalho “o Pe. Simões, hoje Coronel Capelão aposentado, contribui para elevar, dignificar e dar a conhecer algumas das vivências desta missão pastoral da Igreja no nosso país”. Trata-se da Assistência Religiosa especializada prestada às Forças Armadas e de Segurança, que foi iniciada com o I Curso de Capelães, realizado em setembro de 1967, e que tem sido continuada até ao presente, através dos Capelães Militares.

Em suma o autor narra alguns dos acontecimentos e iniciativas no desempenho das suas missões, no então ultramar português e até ao presente, como colaborador da pastoral na Catedral do Funchal.

Além disso, como o próprio referiu, este livro pretende ser igualmente “uma homenagem aos camaradas e colegas, vivos e falecidos, e também às suas famílias”. Para esta obra o autor “procurou pesquisar a vida de todos os capelães e consegui descobrir a data de nascimento e de ordenação, onde é que estiveram no Ultramar, o serviço que fizeram”. É essa “pequenina história de cada um desses 58 padres” que também está escrita neste livro. Uma obra que o vigário geral da Diocese classificou como sendo um “trabalho que fica para a história” e “um reconhecimento do trabalho dos sacerdotes”.

A obra contém ainda um breve resumo dos cerca de 900 participantes nesses cursos de capelães, e finaliza com os documentos legais que sustentam o Ordinariato Castrense.