Festa do Santíssimo Sacramento na Paróquia de Machico

A solene vigília da festa celebra-se hoje, às 20:00 horas. Depois acendem-se os tradicionais fachos.

Fachos - Machico

É já este fim de semana que a comunidade paroquial de Machico celebra a festa em honra da Sagrada Eucaristia. A solene da vigília da festa decorrerá hoje, dia 26 de Agosto, a partir das 20:00 horas, na igreja matriz.

Logo depois, pelas 21:30 horas, acendem-se os fachos nas montanhas sobranceiras ao vale. Cumpre-se assim a tradição de todos os anos, na véspera da festa do Santíssimo Sacramento se acenderem os fachos que o escritor Carlos Cristóvão definiu como “pequenas fogueiras feitas com pinhas, que tiveram origem no tempo das pilhagens dos corsários e que o povo, na sua simplicidade espontânea, acendia e continua a acender, mas em menor quantidade, na festa do Santíssimo Sacramento em Machico, para homenagear o Redentor”.

Algumas das estruturas que dão corpo às figuras alegóricas que se vêem nas encostas, continuam a ser construídas com varas de madeira, que alguns dias antes da queima, um grupo de jovens vão buscar à serra. No entanto, nalguns sítios, a madeira deu lugar a estruturas metálicas que permanecem inalteráveis, ano após ano. Esta mudança facilita o trabalho dos muitos voluntários que se juntam em torno desta tradição, havendo apenas que criar um perímetro de segurança em torno do facho, por forma, a evitar possíveis focos de incêndio.

Os fachos são concebidos com o recurso a materiais como: arame, pregos, óleo queimado e bolas de algodão, hoje substituído por outro tipo de desperdícios. Na verdade, o que importa é que se assegure que a bola, seja ela feita do que for, fique suficientemente impregnada de material inflamável, para depois ser acesa e permanecer o máximo de tempo incandescente. Os fachos continuam a representar figuras alegóricas com letras, nomes e desenhos alusivos ao mar.

Entretanto amanhã, domingo, pelas 14:00 horas começam a ser feitos os tradicionais tapetes de flores ao longo do itinerário da procissão. Este é um momento importante, que envolve mais uma vez toda a comunidade paroquial, e que é característico desta celebração.

A solenidade do Santíssimo Sacramento terá início pelas 16:00 horas, seguindo-se então a procissão.